terça-feira, 25 de maio de 2010

Polvilho de Araruta

Vi no blog da Neide Rigo a foto de uma  raiz de araruta.
Pouca gente fala ou conhece araruta hoje em dia.
No interior de Goiás, de onde vim, os biscoitos mais finos era feitos com ela.
Infelizmente, a indústria de alimentos ao invadir as nossas cozinhas substituiu o polvilho de araruta pelo de mandioca, pela farinha de trigo ou de milho.
 Prá quem não conhece, araruta é um turbeculo do qual se extrai um polvilho leve, fácil de digerir e sem glúten. Ela é nativa da América do Sul e sua planta é uma touceira baixa, que dá uma flor branca.
Há alguns anos pesquisadores da EMBRAPA  lançaram uma cartilha ensinando como plantar e cultivar a araruta, na tentativa de resgatar esse costumes.
Se vc tem quintal, sítio ou fazenda porque não experimenta? Nada é mais gratificante do que ver a força de um broto surgindo verdinho em folha.

Um comentário:

Araruta da Bahia disse...

Quem tiver interesse em adquirir as mudas ou a fécula de araruta acesse o site: http://ararutadabahia.loja2.com.br/